Como resistir às empresas de plantações de árvores? Uma brochura informativa para comunidades

A ideia desta brochura surgiu durante uma visita de campo ao interior de Moçambique em 2015. As lideranças de algumas Uniões Provinciais de Camponeses lamentaram a falta de materiais simples e didácticos para poderem fazer um trabalho de formação e informação com as comunidades que se defrontam com empresas de plantações de árvores nos seus territórios. Sem informação, fica muito mais difícil para essas comunidades avaliar devidamente o que as plantações de árvores significam para a sua vida e futuro. Fica também mais difícil saber como reagir às muitas promessas que vão ouvir por parte das empresas.

Nas conversas com a população durante a visita em 2015, percebeu-se de facto uma carência de informações sobre quem são estes seus novos vizinhos que chegaram a dizer que são os donos das suas terras, mesmo naquelas comunidades que já vivem cercadas de plantações há alguns anos. De onde vêm essas empresas e o que querem? Quais são as estratégias e tácticas que usam para se instalarem nos territórios das comunidades?

Através deste material informativo, esperamos poder contribuir para que as comunidades estejam mais bem preparadas para a luta em defesa do seu território e dos seus direitos. Esperamos também que o material não tenha só utilidade para as comunidades em Moçambique, mas também
que possa ser usado em outros países no Leste e Sul de África, onde outras comunidades passam por situações parecidas.

Recomendamos que utilizem este material como um instrumento de trabalho, por exemplo, para preparar e fazer encontros de formação na comunidade. E apesar do foco desta brochura ser as empresas de plantações de árvores, esperamos que também sirva para quando comunidades enfrentam outros tipos de apropriação ou usurpação de terras. Isto porque as estratégias e tácticas que as empresas usam para se apropriar das terras das comunidades são, muitas vezes, parecidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *